Caciane, a desbravadora de Gravataí, é campeã gaúcha de trilhas e montanhas – Região

Consultório do Rádio Livre – Rádio Jornal
novembro 26, 2019
Cirurgiã-dentista fala sobre toxina botulínica no ‘AB Saúde’ | Caruaru e Região
novembro 27, 2019

Dentista em Santos






Caciane venceu cinco das oito etapas do circuito

Foto: Divulgação


Força, resistência e uma boa dose de espírito desbravador e aventureiro. A Caciane Zonatto, de 37 anos, tem de sobra. E a recompensa veio neste mês, no município de Sério, no Vale do Taquari. Foi lá que a corredora da equipe Night Runners, de Gravataí, chegou ao segundo lugar geral na oitava etapa do Circuito Trilhas e Montanhas 2019 e, com isso, garantiu o título gaúcho desta temporada.

Natural de Santa Catarina, há 17 anos ela mora no Parque dos Anjos e agora é a primeira atleta gravataiense a conquistar um título estadual em corridas de trilhas.

“É bem cansativo, mas, no final das contas, é divertido. Vale muito pelo desafio que é enfrentar os obstáculos do terreno. E você tem que estar pronto para pedras, barro, galhos, declive e o que surgir no caminho, que é sempre uma surpresa”, diz.

A conquista de Caciane foi na categoria média, que considera provas entre 10 e 20 quilômetros. Das oito etapas deste ano, ela venceu cinco — Maquiné, Farroupilha, Igrejinha, Nova Roma do Sul e Tupandi —, e o seu pior resultado foi um quinto lugar em Arroio do Meio.

Novata nas trilhas

Alguém pode pensar que as trilhas já eram um hábito da corredora. Enganam-se. É que a Caciane não entrou para brincadeira no circuito. A sua primeira prova nas trilhas e montanhas foi justamente a última do ano passado.

“E eu não gostei. Não sabia como correr no terreno muito acidentado, não tinha o tênis adequado. Achei estranho aquele negócio de chegar toda suja de barro”, brinca.




Encarar o barro, as pedras e galhos eram o desafio para a adaptação nas trilhas

Foto: Divulgação


Ela havia sido convidada por um colega de corridas de Gravataí. A má impressão inicial, no entanto, a instigou. Pois em 2019, Caciane resolveu participar da primeira etapa, em Maquiné. E venceu a etapa.

“Em Maquiné eu posso dizer que aprendi mesmo a correr as trilhas, me preparei mesmo”, conta.

As corridas, no entanto, não são exatamente uma novidade para ela. Começou a praticar o atletismo com 15 anos, sempre como corredora de provas longas. Tornou-se competidora pela Ulbra e, em 2004, chegou ao décimo lugar no ranking nacional Sub-23, na prova de 10 mil metros.

Nova faculdade, desafio dobrado

Caciane ficou afastada das pistas por um tempo até que três anos atrás voltou a treinar com a equipe Night Runners, de Gravataí. Aí, para competir, o desafio é conciliar o dia a dia de técnica em prótese dentária com os treinamentos.

“Para competir em todas as etapas do circuito entre 10 e 20 quilômetros deste ano, eu consegui reservar um tempo diariamente para os treinamentos. Às vezes de manhã, outras à noite, mas todos os dias, com uma folga por semana, eu tive atividades”, afirma.

O treino consiste em corridas e muito trabalho funcional para aprimorar a força. Tudo sob comando do professor Alberto Dantas, da Academia Cooperativa do Corpo, e com uma orientação da nutricionista esportiva Luiza Dallegrave.

Para 2020, Caciane diz que vai “pegar mais leve”, já que iniciará a faculdade de odontologia, e aí o tempo para treinamentos provavelmente ficará ainda mais escasso. Mas lembre-se, ela não brinca quando o assunto é competir.

Pois a Caciane planeja participar das etapas de provas longas do circuito de trilhas. Significa que estará nas provas acima de 20 quilômetros. Mas não serão todas.

“Ainda estou revendo a minha programação de treinos e provas para o ano que vem. É que serão dez etapas longas, aí fica difícil conseguir participar de todas e conseguir o preparo necessário. Mas vou correr em algumas”, conta.

Para correr o circuito deste ano, Caciane contou com o patrocínio de uma marca esportiva, mas está à procura de mais apoiadores para se manter no trilhas e montanhas. Para apoia-la, é possível fazer contato pelo (51) 98420-4424

Gostou desta matéria? Compartilhe!







Fonte: http://www.diariodecanoas.com.br/noticias/regiao/2019/11/26/caciane–a-desbravadora-de-gravatai–e-campea-gaucha-de-trilhas-e-montanhas.html


Agende agora sua avaliação!

A Dentari Odonto Clínicas possui clinica odontologica em Santos e São Vicente e foi criada para elevar o seu conceito de qualidade e tecnologia em todas as áreas da odontologia, com destaque para implante dentário realizado em 28 dias, excelente para você que estava procurando por implante dentario em Santos ou São Vicente.

Assim como toda empresa que trilha vários caminhos para se tornar um bom negócio, temos uma boa história. Com fácil localização, conseguimos atender de maneira personalizada você que procura por dentista em Santos ou até mesmo por dentista em São Vicente. Nossa unidade de Santos, está localizada no Gonzaga e nossa clínica de São Vicente, no centro da cidade.

Antes de se tornar Dentari, a história se inicia a partir de um sonho. O sonho de mudar a vida das pessoas. O desejo de mudança, de realizações, nunca começa sozinho. Com o pensamento mútuo de conquistar o sucesso, energia, técnica, método, atendimento e tecnologia.

Nasceu então a Dentari, uma clínica odontológica de alta performance, com renomados dentistas, que alia a melhor tecnologia disponível no mercado mundial aos melhores profissionais multiespecialistas.

Com procedimentos clínicos dinâmicos, a Dentari otimiza o tempo do paciente, trazendo a solução desejada de maneira fácil e rápida. O paciente recebe o melhor atendimento com todo o conforto que a clínica oferece.

O principal resultado é a satisfação dos clientes ilustrada em sorriso.



Saiba mais:


Dentista em Santos | Dentista em São Vicente | Dentista Aparelho | Implante Dentário em Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *