Implantes dentários: como funcionam? – O Liberal

Estratégias de Negócios do Mercado de Ingredientes para Cosméticos em 2020 – Akzo Nobel NV, Ashland Inc., BASF SE, Croda International Plc
dezembro 24, 2020
Lentes de contato dental: o sorriso dos sonhos
dezembro 25, 2020

Dentista em Santos




O implante é indicado quando a pessoa perde o dente e a sua raiz, sendo necessário substituir estas duas partes – Foto: Anna Shvets_Pexels

Dentista em São Vicente - Motivo de comemoração na primeira infância, a perda dentária na idade adulta é mais do que um problema bucal, podendo acarretar outros distúrbios de saúde, além de afetar grandemente a autoestima e a autoconfiança de quem a vivencia.

Dentista em São Vicente - Por isso, os implantes dentários costumam mudar totalmente a vida de quem os coloca, conta Filipe Barbosa, dentista da Clínica Barbosa, de Santa Bárbara d’Oeste. “As pessoas têm a segurança de que podem sorrir e não vão ter a vergonha de ter que tirar uma prótese removível. Também não aguentam mais não poder morder uma coisa dura, querem mastigar direito”, comenta o dentista.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - A grosso modo, o implante dentário é um parafuso de titânio instalado na estrutura óssea, e funciona como um substituto da raiz do dente. O que coloca o implante em função é a coroa, normalmente feita em cerâmica ou resina, sobre o parafuso.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - Segundo o dentista, a principal dúvida das pessoas é quanto ao tempo necessário para completar o procedimento e a resposta é que pode levar até oito meses, se tratando de uma prótese unitária ou protocolo, quando inclui diversos dentes.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - “Normalmente, se for uma região que já não tem o dente, fazemos a perfuração, instalamos esse parafuso e idealmente aguardamos um período de 90 dias, chamado de osseointegração, para depois colocar a coroa”, detalha Barbosa, ressaltando a importância deste tempo para que o implante não seja perdido devido à uma rejeição.

Dentista em São Vicente - Nos casos em que o paciente precisa remover um dente, ele explica que o ideal é que o implante seja colocado na mesma cirurgia, logo em seguida à remoção. Se não, é preciso aguardar o período de três a cinco meses para a cicatrização acontecer e possibilitar a instalação do implante, e mais três meses para a osseointegração até a colocação da coroa.

Dentista em São Vicente - Existe a possibilidade de colocação da coroa no mesmo dia do implante, dependendo do travamento do parafuso no momento da cirurgia, colocando o dente em função mais rapidamente. “Porém, mesmo assim, artigos apontam que se esperarmos os três meses temos um índice de sucesso muito maior”, recomenda o dentista.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - Na colocação de múltiplos implantes dentários se faz necessária uma distribuição de carga diferente, com a chamada prótese protocolo, que tem uma barra metálica interligando os implantes e a montagem dos dentes por cima, formando uma prótese total.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - O dentista explica que a prótese é semelhante a uma dentadura, mas não possui o céu da boca e é fixa, com retirada apenas uma vez ao ano no consultório de dentista, para higienização. A ideia é que o implante fique imperceptível, especialmente se forem colocados todos os dentes, sem contraste de cor entre um e outro.

Dentista em São Vicente - As operações costumam ser feitas nos consultórios, sob anestia local e com sedação parcial. Podem levar de meia hora, no caso de um único implante, até um período inteiro, quando é colocada prótese com grande quantidade de dentes.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - ENXERTO ÓSSEO
Ainda há casos em que o enxerto se faz necessário, quando o paciente não tem estrutura óssea suficiente para a implantação naquela região. “Esse osso pode ser retirado da própria pessoa, de outra região, de uma origem animal, ou até de um banco de ossos”, afirma Barbosa.

Dentista em São Vicente - O pós-operatório geralmente é tranquilo, afirma o dentista, e costuma ter a prescrição de antibióticos e analgésicos. Barbosa diz que grande parte dos pacientes reclamam mais da dor na retirada dos dentes do que na colocação do implante – para se ter uma ideia.

Dentista em São Vicente - Depois da operação, se o paciente estiver apenas com os implantes para aguardar a osseointegração, não é preciso se preocupar com o parafuso, ele ficará submerso na gengiva. Entretanto, após a colocação da coroa, a recomendação é evitar morder alimentos rígidos, que podem causar a micromovimentação.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - “Lembrando que cada caso é um caso. Os pacientes são seres individuais e precisam de uma avaliação pessoalmente, física e radiográfica, para que possam ser diagnosticados e encaminhados a um plano de tratamento”, afirma o dentista. Ele lembra, ainda, que o CFO (Conselho Federal de Odontologia) desaprova a divulgação de estimações de preços de procedimentos.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - E A MANUTENÇÃO?
A limpeza de dentes implantados é feita normalmente, com profilaxia nos consultórios de dentistas. A diferença é a necessidade de um acompanhamento radiográfico ano a ano, com atenção para possíveis perdas ósseas.

Dentista em São Vicente - À escovação diária regular, quem coloca prótese no protocolo tem uma etapa a mais de higienização, na área entre a gengiva e a prótese, o que pode ser feito com fio dental de haste rígida, bochecho ou acessórios específicos para isso.

Dentista em São Vicente - A coroa cerâmica sobre um implante pode durar de 15 a 20 anos. No caso das coroas de resina, geralmente utilizadas nas próteses, o tempo cai para a metade.

Dentista em São Vicente - “Os implantes são os parafusos de titânio que são colocados no osso, e não são substituídos nunca, a não ser que haja algum problema. Porém a coroa que vai sobre este implante tem um prazo de validade, como todos os tratamentos dentários”, alerta o Filipe Barbosa.

Fonte: https://liberal.com.br/mais/bem-estar/implantes-dentarios-como-funcionam-1392160/


Agende agora sua avaliação!

A Dentari Odonto Clínicas possui clinica odontologica em Santos e São Vicente e foi criada para elevar o seu conceito de qualidade e tecnologia em todas as áreas da odontologia, com destaque para implante dentário realizado em 28 dias, excelente para você que estava procurando por implante dentario em Santos ou São Vicente.

Assim como toda empresa que trilha vários caminhos para se tornar um bom negócio, temos uma boa história. Com fácil localização, conseguimos atender de maneira personalizada você que procura por dentista em Santos ou até mesmo por dentista em São Vicente. Nossa unidade de Santos, está localizada no Gonzaga e nossa clínica de São Vicente, no centro da cidade.

Antes de se tornar Dentari, a história se inicia a partir de um sonho. O sonho de mudar a vida das pessoas. O desejo de mudança, de realizações, nunca começa sozinho. Com o pensamento mútuo de conquistar o sucesso, energia, técnica, método, atendimento e tecnologia.

Nasceu então a Dentari, uma clínica odontológica de alta performance, com renomados dentistas, que alia a melhor tecnologia disponível no mercado mundial aos melhores profissionais multiespecialistas.

Com procedimentos clínicos dinâmicos, a Dentari otimiza o tempo do paciente, trazendo a solução desejada de maneira fácil e rápida. O paciente recebe o melhor atendimento com todo o conforto que a clínica oferece.

O principal resultado é a satisfação dos clientes ilustrada em sorriso.



Saiba mais:


Dentista em Santos | Dentista em São Vicente | Dentista Aparelho | Implante Dentário em Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *