vacina, cirurgia plástica, prótese… Veja as despesas médicas que podem ser deduzidas

De celular a aparelho ortodôntico, o que brasileiros mais esquecem no Uber
março 12, 2020
Allergan, Ipsen, Lanzhou Institute, Corneal(Allergan), Galdermal, LG Life Science – The CMYK Digest
março 12, 2020

Dentista em Santos



Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - As despesas médicas registradas no ano de 2019 podem ser utilizadas para conseguir deduções na declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2020. Como a Receita Federal não estabelece limites para os valores dessas despesas, os gastos na área da saúde ajudam o contribuinte a reduzir a base de cálculo, que define se ele terá imposto a pagar ou a restituir. Mas, como alertam especialistas, deve-se ter cuidado, pois justamente essa ausência de limite faz com que muitos caiam na malha fina por erros no preenchimento.

Dentista em São Vicente - — Os contribuintes devem ter muito cuidado em relação às despesas médicas, pois a Receita Federal têm sistemas que cruzam as informações declaradas por eles e pelos prestadores de serviços médicos e planos de saúde. Na declaração de ajuste anual o contribuinte deve ficar atento quanto aos tipos de despesas realizadas e sua correta identificação — explica o consultor tributário da IOB, Daniel Oliveira.

Dentista em São Vicente - Leia mais: Imposto de Renda: perdeu o emprego em 2019? Veja como declarar sua rescisão

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - Veja exemplos do que pode ou não ser deduzido e outros aspectos importantes na hora de fazer a declaração:

O que é dedutível

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - – Segundo a Receita, as despesas médicas ou de hospitalização dedutíveis restringem-se aos pagamentos efetuados pelos contribuintes para o seu próprio tratamento ou o de seus dependentes na Declaração de Ajuste Anual.

Dentista em São Vicente - – São considerados os gastos com qualquer especialidade, como dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas educacionais, fonoaudiólogos, hospitais e as despesas oriundas de exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - – No caso de despesas com aparelhos ortopédicos e próteses ortopédicas e dentárias, exige-se a comprovação com receituário médico ou odontológico e nota fiscal em nome do beneficiário.

Dentista em São Vicente - – Os gastos médicos ou de hospitalização realizados no exterior podem ser deduzidos com a devida comprovação, o que não ocorre com os custos com a hospedagem e locomoção.

Dentista em São Vicente - – Em outras situações possíveis de conseguir a dedução, há a exigência de que o pagamento do procedimento tenha sido feito em uma instituição hospitalar.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - – Valores gastos com marca-passo, lente-intraocular ou placa precisam constar na conta emitida pelo profissional ou estabelecimento desse tipo.

Dentista em São Vicente - – No caso de internações domiciliares e serviços prestados por profissionais de enfermagem, a dedução é possível desde que os gastos estejam informados em fatura emitidas por estabelecimento hospitalar.

Dentista em São Vicente - – No caso de cirurgias plásticas e próteses de silicone, o critério utilizado pela Receita Federal está relacionado à finalidade do procedimento. Caso seja cirurgia (reparadora ou não) que tenha por objetivo prevenir, manter ou recuperar a saúde do paciente, ela será passível de dedução. As despesas com prótese de silicone, no entanto, não são dedutíveis como despesas médicas, a não ser quando o valor dela integrar a conta emitida pelo estabelecimento hospitalar relativamente a uma despesa médica dedutível.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - – Também são considerados despesas médicas, os pagamentos a operadoras de planos de saúde ou a administradoras de benefícios que cubram os gastos ou assegurem o direito ao atendimento. Mas, nos casos em que o contribuinte paga o plano de saúde do cônjuge ou esse cônjuge está incluído no plano empresarial, mas não é dependente na declaração de IRPF, a dedução não pode ser feita.

Dentista em São Vicente - Veja ainda: Fazer declaração do Imposto de Renda pode ser vantajoso, mesmo sem obrigatoriedade

O que não é dedutível

Dentista em São Vicente - – A lista de deduções não inclui despesas médicas ou de hospitalização que estejam cobertas por apólices de seguro.

Dentista em São Vicente - – Exames de DNA para investigação de paternidade; vacinas; lentes de contato; despesas com acompanhantes e valores pagos na prestação de serviços de coleta, seleção e armazenagem de células-tronco provenientes de cordão umbilical também não são passíveis de dedução.

Dentista em São Vicente - – O mesmo ocorre com despesas de medicamentos comprados em farmácia, a não ser que integrem a conta emitida pelo estabelecimento hospitalar.

Mais um site desenvolvido pela Lima & Santana Propaganda - Confira também: Imposto de Renda 2020: veja os principais erros para evitar a malha fina

Documentos para comprovação

Dentista em São Vicente - A dedução a título de despesas médicas limita-se a pagamentos especificados e comprovados mediante documento fiscal ou outra documentação hábil e idônea que contenha nome, endereço, número do CPF ou do CNPJ do prestador do serviço; identificação do responsável pelo pagamento, bem como do beneficiário do tratamento ou despesa caso seja pessoa diversa daquela; data de sua emissão e assinatura do prestador do serviço.

Dentista em São Vicente - — Guardar estas informações pelo prazo de cinco anos é fundamental para comprovar despesas deduzidas do IRPF, que são os maiores casos de malha fina atualmente, tendo em vista a ausência de limite para dedutibilidade de despesas com estes fins — explicou o coordenador de Direito Tributário da Escola Superior de Advocacia da OAB-RJ, Felipe Renault.

Dentista em São Vicente - Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)

Fonte: https://extra.globo.com/noticias/economia/imposto-de-renda/ir-2020-vacina-cirurgia-plastica-protese-veja-as-despesas-medicas-que-podem-ser-deduzidas-24297962.html


Agende agora sua avaliação!

A Dentari Odonto Clínicas possui clinica odontologica em Santos e São Vicente e foi criada para elevar o seu conceito de qualidade e tecnologia em todas as áreas da odontologia, com destaque para implante dentário realizado em 28 dias, excelente para você que estava procurando por implante dentario em Santos ou São Vicente.

Assim como toda empresa que trilha vários caminhos para se tornar um bom negócio, temos uma boa história. Com fácil localização, conseguimos atender de maneira personalizada você que procura por dentista em Santos ou até mesmo por dentista em São Vicente. Nossa unidade de Santos, está localizada no Gonzaga e nossa clínica de São Vicente, no centro da cidade.

Antes de se tornar Dentari, a história se inicia a partir de um sonho. O sonho de mudar a vida das pessoas. O desejo de mudança, de realizações, nunca começa sozinho. Com o pensamento mútuo de conquistar o sucesso, energia, técnica, método, atendimento e tecnologia.

Nasceu então a Dentari, uma clínica odontológica de alta performance, com renomados dentistas, que alia a melhor tecnologia disponível no mercado mundial aos melhores profissionais multiespecialistas.

Com procedimentos clínicos dinâmicos, a Dentari otimiza o tempo do paciente, trazendo a solução desejada de maneira fácil e rápida. O paciente recebe o melhor atendimento com todo o conforto que a clínica oferece.

O principal resultado é a satisfação dos clientes ilustrada em sorriso.



Saiba mais:


Dentista em Santos | Dentista em São Vicente | Dentista Aparelho | Implante Dentário em Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *