Você já ouviu falar na estomatite gangrenosa? 

Oportunidade para cuidar da sua saúde bucal com o preço bem acessível
junho 19, 2020
Demanda no mercado 2020-2024 da Implante dentário Chaves, estudo aprofundado, fatores de crescimento e principais fabricantes – Braga Magazine
junho 19, 2020

Dentista em Santos



“A estomatite gangrenosa afeta principalmente a face dos pacientes, mas pode aparecer em outros partes do corpo, como o couro cabeludo, pescoço, períneo e vulva.”

Estomatite gangrenosa, noma ou Cancrum oris é uma patologia orofacial que acomete a sociedade há séculos. Diversos autores já documentaram sua maior frequência no continente europeu e na América do Norte. Com o passar do tempo e com a globalização, esse quadro sofreu alteração na sua incidência e países em desenvolvimento passaram a relatar um número maior de casos, na África, Ásia e América do Sul.

A estomatite gangrenosa afeta principalmente a face dos pacientes, mas pode aparecer em outros partes do corpo, como o couro cabeludo, pescoço, períneo e vulva. Entretanto, os casos mais frequentes acometem crianças de 2 a 7 anos de idade que apresentam um quadro clínico de má nutrição, higiene inadequada e condições de pobreza extrema. Tem sido definida como uma doença causada por múltiplos fatores, acarretando a descompensação da microbiota oral e consequentemente dos tecidos periodontais do paciente. A sua origem pode envolver a deficiência de ácido fólico, o qual altera a integridade das células epiteliais gengivais e também acarreta aumento na permeabilidade do sulco gengival. Entre as deficiências nutricionais, a carência de ácido ascórbico também contribui para a biossíntese de um tipo de colágeno mais amorfo, com diminuição da força tênsil. 

Sabe-se que a má nutrição causa uma desordem na flora bucal do paciente e pode interferir na imunidade do indivíduo. Diante disso, alguns casos raros de estomatite gangrenosa já foram também relatados em pacientes adultos desnutridos ou imunodeficientes. Pacientes com diabetes mellitus, doenças infecciosas e síndrome da imunodeficiência adquirida apresentam também uma maior predisposição. Tem sido documentado na literatura o envolvimento de cepas virulentas das espécies Fusobacterium e Prevotella no desenvolvimento dessa condição. 

“Sabe-se que a má nutrição causa uma desordem na flora bucal do paciente e pode interferir na imunidade do indivíduo.”

Muitos dos pacientes afetados pela patologia têm como quadro inicial uma lesão aftosa, uma úlcera intraoral pequena, a qual progride em menos de 72h e forma uma placa gangrenosa. Ocorre destruição da barreira protetora da mucosa, fato esse que possibilita a entrada de bactérias que destroem os tecidos moles e duros do paciente. Se estabelece um quadro de gengivite ulcerativa necrosante (GUN), com alterações inflamatórias intensas que evoluem para um processo de necrose, hemorragia e dor intensa e, na maioria dos casos, leva à destruição de grande parte dos tecidos da esfera orofacial. 

A GUN pode ser tratada por meio da instituição de medidas de higiene oral. Porém, em crianças malnutridas, há uma grande chance de essas medidas não impactarem positivamente, sendo necessário o uso de antibióticos. 

O quadro clínico de noma agudo possui três estágios: no primeiro estágio, o paciente apresenta edema e intensa halitose; o segundo, é identificado por necrose, que se estende rapidamente pelos tecidos faciais adjacentes; por fim, o terceiro estágio é caracterizado pela descamação e cicatrização da região afetada, pois após a demarcação da área necrótica, ela começa a se desprender do tecido. Normalmente, muitos dos pacientes não sobrevivem nesse estágio.

A diferenciação entre o estágio inicial e tardio do noma é essencial para determinar a escolha do tratamento. Dessa forma, na fase inicial, a escolha deve contemplar a administração de antibióticos e tratamentos específicos para doenças coexistentes. Por fim, com o estágio inicial superado e com melhora no estado nutricional, o tratamento cirúrgico com a reconstrução pode ser instituído. Como todo portador de estomatite gangrenosa, em geral, tem um organismo deficiente em vitaminas, urge a adoção de complementação com as vitaminas A, B, C e D. Esse grupo de vitaminas agirá melhorando a resistência orgânica e favorecendo a cicatrização de lesões, principalmente nas mucosas. 

Referências:

VALADAS, Gabriela; LEAL, Maria. Cancrum Oris na Infância. Apresentação de Caso. CENTRO HOSPITALAR UNIVERSITÁRIO LISBOA, 1995. Disponível em: http://hdl.handle.net/10400.17/1747. Acesso em: 05 de março de 2020.

Fonte: https://www.isaude.com.br/noticias/detalhe/noticia/voce-ja-ouviu-falar-na-estomatite-gangrenosa/


Agende agora sua avaliação!

A Dentari Odonto Clínicas possui clinica odontologica em Santos e São Vicente e foi criada para elevar o seu conceito de qualidade e tecnologia em todas as áreas da odontologia, com destaque para implante dentário realizado em 28 dias, excelente para você que estava procurando por implante dentario em Santos ou São Vicente.

Assim como toda empresa que trilha vários caminhos para se tornar um bom negócio, temos uma boa história. Com fácil localização, conseguimos atender de maneira personalizada você que procura por dentista em Santos ou até mesmo por dentista em São Vicente. Nossa unidade de Santos, está localizada no Gonzaga e nossa clínica de São Vicente, no centro da cidade.

Antes de se tornar Dentari, a história se inicia a partir de um sonho. O sonho de mudar a vida das pessoas. O desejo de mudança, de realizações, nunca começa sozinho. Com o pensamento mútuo de conquistar o sucesso, energia, técnica, método, atendimento e tecnologia.

Nasceu então a Dentari, uma clínica odontológica de alta performance, com renomados dentistas, que alia a melhor tecnologia disponível no mercado mundial aos melhores profissionais multiespecialistas.

Com procedimentos clínicos dinâmicos, a Dentari otimiza o tempo do paciente, trazendo a solução desejada de maneira fácil e rápida. O paciente recebe o melhor atendimento com todo o conforto que a clínica oferece.

O principal resultado é a satisfação dos clientes ilustrada em sorriso.



Saiba mais:


Dentista em Santos | Dentista em São Vicente | Dentista Aparelho | Implante Dentário em Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *